Streamers de todos tipos

Saudações, gamers! Como vão? 

Já fizemos um post sobre os 10 maiores streamers do Brasil, mas hoje vamos abordar um outro lado do universo streaming: a sua diversidade. Apresentaremos alguns streamers que não foram listados naquele outro post, agora mostrando streamers mais jovens, velhos, mulheres e muito mais. 

A começar pelo lado girl power, vamos citar aqui alguns nomes populares do meio. Durante muito tempo as pessoas pensavam que videogame é coisa de garoto, mas o consumo de games do público feminino só tem aumentado com os anos. Segundo a Pesquisa Game Brasil 2020, o público feminino já é maioria no cenário gamer, especialmente se levarmos em conta o público gamer casual, que joga por diversão, e gostam mais de jogar em smartphones, por isso nossa lista terá algumas streamers que jogam games como Free Fire, Call of Duty Mobile e afins. 

Nyvi Estephan: 

Uma das mais importantes apresentadoras de games e e-sports da América Latina, Nyvi Estephan ganhou esse título pelo próprio eSports Awards 2019. Desde 2013 a designer de moda já começava sua carreira como apresentadora nos eventos de games, trabalhando em diversos campeonatos e festivais de jogos, como o CBLOL, Copa América de Heroes of the Storm e muitos mais. Extremamente carismática, Nyvi também faz suas lives no Facebook Gaming onde joga diversos jogos, além de possuir um canal no youtube com mais de 400 mil inscritos e 2 milhões de seguidores no Instagram.

 

Foto: reprodução/Instagram.
Malena: 

Gamer raíz! Malena tem seu canal no Youtube há 8 anos, mas depois de muito batalhar chegou aos seus 6 milhões de inscritos! Focada na produção de conteúdo, com vlogs e games, Malena é também streamer pela plataforma do Facebook Gaming, onde ela possui 600 mil seguidores, lá ela faz streaming todos os dias, de segunda a sexta, pela parte da tarde/noite. Conquistando seu público com seu humor e meiguice, certamente é uma das mais influentes streamers do cenário, não à toa, ela chegou mesmo a lançar um livro em 2016, o “Fala aí, Malena”, onde ela fala sobre a vida dela, da infância até seus 20 anos, de forma descontraída e bem-humorada. 

A streamer Malena Nunes representará o Brasil em uma campanha global da plataforma!! – Stiles Gaming
Foto: Reprodução/Instagram.
Maethe:

Super amigável e atenciosa, Maethe tem seus 25 anos e já pensou em fazer Gastronomia, estudou Arquitetura, depois Veterinária, mas trabalha mesmo com games! É streamer da Twitch TV e conta com 270 mil seguidores, e seu canal no Youtube possui mais de 200 mil inscritos. Enquanto na Twitch TV ela faz suas streams de jogos de todos os tipos, no Youtube há vídeos de gameplays e vlogs. 

 

Foto: Reprodução/Instagram.
Diana Zambrozuski:

Sempre empolgada, fazendo vídeos com muito humor, Diana Zambrozuski possui 24 anos, é gamer gaúcha, cosplayer, streamer e tem canal no youtube. No Instagram, possui mais de um milhão de seguidores, e na sua página de Facebook conta com 2 milhões de seguidores. Em seu canal de Youtube, a nossa querida ruiva tem mais de 500 mil inscritos e posta gameplays e vlogs. Já fez apresentações de eventos e entrevistas internacionais. Como parceira da Facebook Gaming, Diana faz lives todos os dias, de jogos diversos. E vamos aproveitar aqui para falar da irmã da Diana, Gabriela Zambrozuski, que é também streamer pela BOOYAH, tem 1 milhão de seguidores no Instagram. A paixão pelos games é de sangue!

Foto: Reprodução/Instagram.
CherryGums:

Game & Business! A jovem carioca Nicole Merhy aparece em nosso post por ser uma verdadeira defensora da causa gamer no Brasil. CherryGums foi pro-player de Rainbow Six Siege, é empresária, CEO do time Black Dragons e chegou a ir ao Senado Federal para uma audiência sobre um projeto de lei que busca a regulamentação do e-sport no país. A Cherry já viajou para o exterior para participar de eventos sobre os direitos das mulheres na campanha #MyGameMyName, que combate o assédio que as mulheres sofrem em jogos online. E faz tudo isso enquanto nos entretém com as lives na Twitch TV e interage no Twitter, onde ela possui mais de 50 mil e 110 mil seguidores, respectivamente. Um exemplo de Girl Power!

Foto: Reprodução/Instagram.

Além dessas streamers, temos um exemplo de senhor da terceira idade: o Vovô Tibiano. Psicólogo de formação, com pós-graduações, mestrado e gaúcho, o Vovô Tibiano decidiu conhecer o clássico Tíbia em 1997, quando tratava um paciente que gostava do jogo de computador. Após anos jogando, atendendo a pedido de amigos, ele finalmente criou um canal na Twitch TV onde faz suas lives, e lá ele conta com seus mais de 20 mil seguidores para jogar diversos games e interagir com o público conversando sobre psicologia, jogos e muito mais, mostrando que não tem idade para se divertir com os games! 

E se existem pessoas mais velhas jogando, claro que entre a garotada isso também é um sucesso! É o caso do streamer de 5 anos, Pietrinn Gamer, que faz lives em seu canal do Youtube, onde possui 18 mil inscritos, e no Instagram possui mais de 25 mil seguidores. O garoto começou a aprender a ler nas lives, já que a pandemia do coronavírus atrapalhou seus estudos, mas ele se dedicou aos estudos e pode jogar seu Free Fire no tempo livre, e isso passou a ser uma fonte de renda para a família que passava por dificuldades financeiras – e outros casos assim já foram tratados noutro post [escrever post sobre ascensão social com games]. No momento, Pietrinn não deseja ingressar no cenário profissional de games, quer mesmo é ser um influencer, mudando a vida das pessoas, e isso fez com que o Bruno “Playhard”, líder da LOUD (time que Pietro adora), mandasse um recado especial para o Pietrin no Instagram. Bem legal esse reconhecimento, né?

Pietrinn é streamer de Free Fire e soma mais de 17 mil inscritos em seu canal no YouTube — Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram.

Com isso vimos que o mundo do streaming é grande demais para ser reservado apenas a alguns, ele é de todos e todas! E se vale para todo mundo, vale para você também! Se ficou a fim de começar sua vida de streamer depois deste post, saiba que a Potenza também pode te ajudar com isso, porque aqui oferecemos um curso especial para formar streamers profissionais, como todos esses que citamos acima. Você já viu que não importa seu gênero, idade ou classe social, para ser streamer e se divertir, basta querer. Então faça parte de nosso time, entre em contato com nossa aqui por aqui e assine nossa newsletter para não perder nenhuma novidade! Um forte abraço e até mais!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *